A primeira vez viajando de barraca

Atibaia, São Paulo – março/2008
Como somos muito “inquietos” estamos sempre pensando em alguma coisa legal pra fazer. Desta vez, cismamos com uma barraca para camping!
Não tinhamos carro, mas isso não foi um impedimento para a nossa aventura.
Depois de pesquisar preços na internet, fomos até o Extra e compramos uma barraca pequena (que dizia ser para 4 pessoas) e chegando ao nosso apartamento montamos a dita em nossa pequena sala – o que dá pra entender a dimensão dela! Não queríamos chegar lá no local e ter surpresas.

a primeira vez que montamos a barraca - na sala do nosso apartamento!

Tudo certo? Planejamos nossa ida para Atibaia, que é bem próximo de São Paulo – uns 45 minutos. O “problema” é que não tinhamos carro e fizemos um tour por aí com nossas mochilas, barraca e, claro, os equipamentos de pesca! Metrô, rodoviária, ônibus, taxi da rodoviária até o camping… ufa… tudo fazia parte da aventura!

em SP indo para a rodoviária

Para ter mais emoção ainda, resolvemos ir no fim da tarde de um sábado para o Atibaia Camping. Achamos que seria melhor na primeira vez ficar apenas uma noite para ver se gostariamos.
Chegamos lá já era de noite, e montamos a barraca no escuro mesmo… mas deu tudo certo.

barraca montada no escuro

Já  haviamos lido uma porção de dicas no site que indicamos no post de ontem. Então, acho que levamos tudo o que precisava… exceto pelos cobertores… Ai, ai, ai… mesmo sendo março, à noite no campo faz frio. Pensei: “tudo bem, a gente dorme de moletom e com a barraca fechada vai ficar quentinho!” Que nada… no meio da madrugada, após um longo tempo de pescaria no lago do camping, eu já não sentia minhas pernas… comecei a ficar muito preocupada! Me cobri também com nossas toalhas de banho, mas não adiantou… depois de muito tempo passando frio dentro da barraca tive uma idéia: enrolar nas pernas uns sacos de lixo grandes que havia levado para emergências, e assim, conseguiria manter a temperatura. Foi o que me salvou! Depois disso consegui dormir e ficou tudo bem!
Mas, vale anotar a dica: nunca, nunca, nunca deixe de levar um edredon ou cobertor bem quentinho – mesmo no verão – a gente nunca sabe o que vai acontecer com o tempo, né!

Nossa barraquinha!

No dia seguinte fez um sol lindo!!! Mesmo com todas as dificuldades da noite anterior não desistimos de acampar! Gostamos muito e aprendemos que tem certas coisas que não adianta deixar para trás para economizar espaço nas malas.
A barraca foi bem suficiente para nós! Compramos também um colchão inflável de casal, que tornou tudo mais confortável, e ainda sobra espaço para as malas em uma das laterais. Já fomos outras vezes, de carro, cheio de coisas, e aumentamos nossos apetrechos!

o espaço interno da barraca

Depois vou fazer um post sobre o Atibaia Camping, que já foi muito melhor do que está hoje…

Anúncios

0 Responses to “A primeira vez viajando de barraca”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Quem Somos

follow us

Acesse nosso canal no

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Estatísticas do Blog

  • 52,584 acessos

Arquivos


%d blogueiros gostam disto: